Tamanho da letra
Normal Médio Grande
Facebook Partilhar e divulgar
Enviar por email
Imprimir Página
Início

Facebook serve de plataforma para humanizar a doença

Filme digital com música de Rodrigo Leão homenageia pessoas com Esclerose Múltipla e ajuda SPEM

 

 

Lisboa, 27 de junho de 2011 – "Tenho mas não todos os dias" é o título do novo vídeo, desenvolvido com chancela da Sociedade Portuguesa de Esclerose Múltipla (SPEM), destinado a homenagear todas as pessoas com Esclerose Múltipla (EM), através de um poema escrito por João Negreiros e música criada exclusivamente para este projeto por Rodrigo Leão.

 

O vídeo está disponível no Facebook da SPEM (www.facebook.com/SPEM.Portugal) e quem visitar o endereço poderá participar numa campanha de sensibilização digital desenvolvida com o apoio da Biogen Idec, a empresa líder na investigação e comercialização de soluções terapêuticas para pessoas com esclerose múltipla. A mecânica é muito simples: até 11 de Julho, por cada “gosto/like” ao vídeo, a SPEM irá receber o donativo de 2 €.

 

2011_0704_Campanha-Video_A-dor-mente_facebook_100

 

Para Manuela Duarte Neves, diretora da SPEM “é um privilégio contar com o enorme talento e sensibilidade dos artistas, para transmitir de forma tão sensível e nobre a mensagem do que é ser portador de esclerose múltipla”.

 

De acordo com Sérgio Teixeira, Diretor Geral da Biogen Idec Portugal, “é com grande orgulho que nos associamos a esta iniciativa que tão bem transmite uma mensagem de confiança e otimismo aos portadores de EM. Enquanto líder mundial na luta contra a EM, a Biogen Idec está sempre disponível para apoiar projetos de entidades como a SPEM que ajudem a promover a esperança de todas as pessoas afetadas por esta doença”.

 

A ideia do "Tenho mas não todos os dias" nasceu a partir do relato de alguns sintomas da doença. Com base nesta experiência, João Negreiros, um dos mais reconhecidos e premiados poetas nacionais da nova geração, criou o poema “A dor mente” e Rodrigo Leão, um dos grandes nomes da música portuguesa, desenvolveu uma peça sonora única. O filme contou também com a participação do grupo Amigos da Esclerose Múltipla de Aveiro – AEMA.

 

 

Sobre a Esclerose Múltipla:

A EM, uma patologia que hoje afeta cerca de 6 mil portugueses e mais de dois milhões de pessoas em todo o mundo, é uma doença do foro neurológico na qual o sistema imunitário ataca a mielina. Atualmente é a doença que mais incapacita os jovens adultos em todo o mundo, afetando mais as mulheres do que os homens. Os sintomas mais comuns, que surgem normalmente entre os 15-40 anos, têm um impacto negativo na visão, mobilidade, causam dormências, fadiga e provocam desequilíbrios.

Designed by Exadorma
Alojamento gentilmente cedido por PHNEUTRO