Tamanho da letra
Normal Médio Grande
Facebook Partilhar e divulgar
Enviar por email
Imprimir Página
Início > Notícias > Testemunho da médica fisiatra da SPEM sobre as práticas internas taoistas (Tai Chi Taoista)

04_noticias_cor

OPORTUNIDADE DE ESTÁGIO REMUNERADO

BOAS NOTÍCIAS! Na sequência da falta de oportunidades de trabalho expressa por muitos portadores na Conferência de Dublin da Plataforma Europeia, no passado mês de Maio, a Plataforma Europeia de Esclerose Múltipla (EMSP) criou a iniciativa BELIEVE AND ACHIEVE. Assim, para jovens portadores (dos 18 aos 35 anos) existe a oportunidade, também em Portugal (Porto Salvo), PARA UM ESTÁGIO REMUNERADO EM DIGITAL PROJECT MANAGER. Todos os detalhes da candidatura e sobre o perfil dos candidatos podem ser encontrados em: http://www.emsp.org/projects/believe-and-achieve/267-role-descriptions As candidaturas devem ser feitas através da EMSP Registration Page (www.emsp.org). E quaisquer dúvidas sobre esta iniciativa devem ser colocadas diretamente (e em língua inglesa) junto da coordenadora do projeto – Emma Rogan – no endereço: emma.rogan@emsp.org. Apliquem-se e boa sorte!

A Dr.ª Luísa Ventura, médica fisiatra da SPEM, é praticante assídua das práticas internas taoistas (Tai Chi Taoista), que se realizam todas as quintas-feiras na extensão da Sede, em Lisboa. 

 

Tai_Chi_Taoista_SPEM_Nov2012De destacar também a colocação recente de uma barra de apoio na sala das práticas, o que permite realizar com maior segurança alguns exercícios com as pessoas em pé.

 

Apareçam na próxima prática, sempre às quintas-feiras, pelas 19h00, e leiam aqui o que a Dr.ª Luísa tem para transmitir da sua experiência:

 

"O Tai Chi é uma arte milenar oriental muito completa, pois trabalha o equilíbrio, não só emocional como físico. Desde o início de Outubro que há uma colaboração entre a SPEM e a Associação Fung Loy Kok Taoismo de Portugal no sentido de permitir aos associados, e não só, tomarem conhecimento e praticarem esta arte.

 

O Tai Chi ajuda os portadores de Esclerose Múltipla (EM) a manter padrões de movimento, com maior coordenação, estimula os receptores do equilíbrio visuais, vestibulares e da sensibilidade postural, promovendo a integração destes estímulos a nível do sistema nervoso central.

 

A execução do movimento é repetida até se conseguir uma maior harmonia e fluidez, com um ritmo respiratório adequado que surge naturalmente à medida que se progride.

 

O Tai Chi também pode ser praticada por portadores que tenham maiores dificuldades em assumir a posição de pé, pois os exercícios podem ser executados na posição de sentado, estimulando neste caso o equilíbrio dinâmico de tronco.

 

Como médica e como Directora Técnica da Unidade de Neuroreabilitação da SPEM, acho que o Tai Chi é mais um contributo para a abordagem da EM no que se refere ao bem estar psicológico e físico que esta arte proporciona." (Luísa Ventura Gagean, médica fisiatra).

Designed by Exadorma
Alojamento gentilmente cedido por PHNEUTRO